quinta-feira, 15 de novembro de 2007

DNA DO MH

(REPRISE DE FERIADO)
Eu ia chamar esse texto de “Por dentro do MH”. Mas como sei que vocês são doentinhos e já iam pensar besteira, preferi o título acima.
Então, pra quem não me conhece taí uma chance de me conhecer mais a fundo. Caraca, aposto que já pensou besteira. Vocês são mesmo doentes. Aff.


Odeio palhaço.

Odeio circo.

Detesto quem assovia em elevador.

Detesto quem assovia quando está sem assunto.

Detesto quem batuca nas paredes do elevador.

Detesto gente que anda com palito na boca.

Detesto gente que aplaude quando avião pousa.

Detesto gente que aplaude filme no cinema.

Detesto gente que puxa papo em fila de banco.

Aliás, detesto fila e detesto banco também.

Nunca vejo trailer de cinema (sim, eu fecho os olhos…me deixa, eu sou normal, tá).

Todo cinema que eu vou, sempre alguém fica chutando as costas da minha cadeira. E cá entre nós, tô desconfiado que é sempre a mesma pessoa…mas isso pode ser só uma paranóia minha.

Detesto PowerPoint (juro, nunca vi um Power Point engraçado, nem mesmo original).

Também não vejo a menor graça nos cartuns dos irmãos Chico e Paulo Caruso, que passam no Fantástico. Sempre a mesma piada besta “Eu estou convencido que nunca na história desse país blá, blá, blá).

Aliás, eu tenho certeza que o Chico e o Paulo Caruso são a mesma pessoa. Tudo não passa de um truque de marketing barato. E um previsível jogo de espelho quando eles aparecem juntos.

Pensando bem, acho que não odeio palhaço, na verdade, eu acho que tenho medo deles.

Tenho enjôo só de imaginar uma gema de ovo mole em cima do feijão, ecaaaaa!!!

Não como peixe. Aliás, acho a maior sacanagem pescar um peixe.

Não como camarão (camarão se andasse na terra a gente matava esmagado com chinelo ou com Baygon).

Pra mim, camarão não passa de uma barata que aprendeu a nadar.

Quer saber? Não como nada que tenha mais do que quatro pernas.

Não como frutos do mar.

Não como nada verde.

Odeio quem põe café antes do leite.

Odeio quem põe feijão antes do arroz.

Odeio quando eu peço guaraná e a pessoa fala:
"gelo e laranja?" Não, porra!!! Eu não pedi uma salada de frutas, eu pedi um simples refrigerante.

Odeia fruta.

Odeio quando peço uma Coca e o cara traz com gelo e limão. Quem disse que Coca com limão é bom? Gente, nada é melhor do que Coca, não estraguem a maior invenção da humanidade com um modismo idiota.

Odeio motoboy.

Odeio quando eu peço Coca e o cara fala:
Só tem Pepsi.É a mesma coisa que falar: me dá uma Coca. E o cara responder: só tenho secador de cabelo. Uma coisa não tem absolutamente nada a ver com outra.

Coca Cola Light deveria ser peremptoriamente proibida sob pena de fuzilamento.

Isso vale para as versões diet e zero.



Tenho medo de cigarra.

Tenho medo de barata (uma das invenções do diabo)

Tenho medo de mariposa.

Tenho pânico de barata voadora (a mais macabra invenção do diabo).

Odeio sapo. Parece uma almôndega gigante que pula.

Honestamente, detesto qualquer bicho que pula (isso inclui aranhas, cangurus e os feijões saltadores do méxico).

Também não gosto de vaca (acho um bicho besta, que passa a vida toda olhando pro vazio e comendo capim). Acho que em vez de colocar vacas no mundo, Deus deveria ter colocado
picanhas. Ao ponto de preferência. Já até imagino o papo dos fazendeiros:
"Minha fazenda é enorme, tenho 400 cabeças de picanha" (soa meio erótico, mas seria uma delícia).

Choro no cinema (chorei até vendo Ghost. E daí, não gostou? Pega eu)

Acho que dizer que tenho medo de palhaços é exagero. Creio que é mais uma questão de respeito. É isso, eu prefiro manter distância dos Goiabinhas e Pururucas por uma questão de respeito.

Agora, se tem uma turminha que eu gostaria de metralhar são os tais dos Backyardigans. Morram, malditos bichinhos coloridinhos, felizes e cantantes!!!

Ah, gostaria de metralhar qualquer pessoa que anda com chapéu de Cowboy também (menos o Clint Eastwood e o John Wayne – até porque eles iam sacar mais rápido do que eu)

Detesto ver gente com celular pendurado no cinto.

Detesto gente que anda com o crachá pendurado no pescoço.

Odeio gente que usa óculos escuros em locais fechados.

E o ódio que me dá aquelas pessoas que andam com guarda-chuva no cantinho da parede onde quem não tem guarda-chuva quer andar.

Deixo aqui minha sugestão: porte de arma para usar guarda-chuva.

E quadro com aquele palhaço triste com uma lágrima nos olhos, tem coisa mais aterrorizante?

Só como pizza de marguerita.

Até como outras, mas me recuso a comer qualquer uma que tenha rúcula.

Aliás, que diabos é uma Rúcula????

Morte a todos que colocam catchup na pizza.

Morte a quem come pizza doce. Até porque pizza doce tem outro nome: torta.

Detesto 4 queijos. Separados eu respeito os 4, mas juntos eles deviam ser autudados por formação de quadrilha.

Acho que catupiry é uma invenção do diabo.
(prova disso é que toda barata – que também é invenção Dele – vem recheada de catupiry)

Quando for presidente do Brasil, vou proibir molho branco em todo território nacional.

Adoro crianças, mas não a ponto de ter uma só pra mim.

Pra mim shoyo e molho inglês são absolutamente a mesma coisa com nomes científicos diferentes.

Me recuso a ler jornal. Algo tão desengonçado assim só serve mesmo para embrulhar banana.

Já que toquei no assunto, acho banana uma fruta besta, mas gosto de açaí com banana. Picadinha em cima do acaí, a banana até ganha uma certa dignidade.

Já falei que detesto palhaço?

13 comentários:

MARCELO LOURENCO disse...

marquito, quando é que você coloca aqui neste blog aquela foto de nós dois correndo pelados pela berrini?

Anônimo disse...

Cheio de manias, hein???
Isso é coisa de viadinho. Não como isso, não como aquilo...
Agora eu só concordo comlance do sapo. Sapo é coisa do diabo.

abs.
Roger.

MH disse...

Marcelo: este é um blog de família. E eu ja não tenho mai aquele corpinho de outrora. Melhor tá evitando.

Roger: Sapo é de fato aterrorizante. Só perde pra barata voadora..e pra palhaço, óbvio

mc disse...

outro vexame no trabalho. Esse foi pior, envolvia lágrimas e risadas entaladas na garganta.

Se eu for demitida por mal comportamento, vou reclamar com vc.

Fabiana disse...

eita, que homem mais mimimi.

tu é filho unico , criado com vó e madrinha né?

beijoca

MH disse...

hahahahahahahahah...não fala assim que eu fico mais mimimi ainda (seja la o que significa mimimi).
E se me provocar chamo minhavó e minha madrinha pra te dar uma surra....sua...sua...sua cabeça de tomate!!!!

Fabião disse...

Finalmente, achei mais um louco que fecha os olhos na hora do trailer!! Eu achava que era o único com este desvio de comportamento.

Re disse...

hahahaahh incrível... vou virar fã deste blog.... bjs Re

MH disse...

Re, seja sempre bem vinda. Beijosssssssss.

pati disse...

MH, pára com isso... a galera tá dormindo e eu to acordando todo mundo. Ja parei de estudar, ja rolei de rir e agora nao vou conseguir dormir. Pronto, ta feliz agora??

MH disse...

Pati: pense no lado positivo. Passar a noite acordada, numa cidade tão bonita, rindo, lembrando dos amigos...so não pode fazer escandalo. rsrsrs

Anônimo disse...

porra velho, td bem... a boiolice enrustida explica a grande maioria dos seus traumas de infância... mas não ver diferença entre molho inglês e shoyo... Só pq os dois são pretinhos? É a mesma coisa que confundir a Camila Pitanga com a Vera Verão. Tudo bem, vai... eu sei q vc confunde isso tb. hahaha abs BIZA!

MH disse...

BIZA: HAHAHAHAHAHAHAHAH Confundir a vera verão com a camila pitanga foi genial. mas so uma pergunta: não é a mesma pessoa?