quinta-feira, 8 de novembro de 2007

DESPEDIDA DE SOLTEIRO - PARTE 3

Acordamos sábado ainda meio de ressaca.
Eu, o Plínio e o Kabello fizemos um sanduba com sobras de queijo, presunto e toneladas de maionese. Tudo isso regado a muita Coca-Cola…sem gás (afinal, despedida de solteiro é coisa de macho). Enquanto comiamos aqueles dejetos ouvindo Iron Maiden (e felizes da vida), o Jorge permanecia na cozinha. Após alguns minutos, ele surgiu na sala puto de raiva e esbravejou: “CACETE, NINGUÉM COMPROU LEITE????”. Definitivamente estamos velhos para despedidas.

8 comentários:

Ciça disse...

Hahaha...Por falar em Jorge, cadê ele? Nunca vi um comentário dele aqui...Mui amigo! Achei que só eu era a abandonada...

MH disse...

O Jorge é um crítico muito duro, radical...e o que é pior, retrógrado. Ele detesta internet. Então, ele lê e me liga...ai eu falo, comenta la no blog...e ele desconversa..hahahahahahahah...coisas de Jorge.

Anônimo disse...

Esses caras estão tão velhos pra despedida de solteiro que nem contrataram umas cocotas pra incrementar a festa.....que lástima.
Também não gosto de acordar ou ir dormir sem tomar um toddy.

Vc é doente BB

Ana Paula disse...

Né nada disso. Homem cresce, mas continua bezerro pelo resto da vida... rs

Gastón disse...

Cara, mente. Você devia era ter dito que caçou aquela capivara com as próprias mãos e fez um churrasco da carne dela madrugada adentro. Com "666 the number of the beast" no talo.

MH disse...

Gustavão: Na próxima despedida, em vez de levar uma caixa de Skol, vou levar uma caixa de Todinho. Você está convidado.

Ana Paula: de fato somos bezerros e vivemos mamados...de cerveja hehehe

Gastón: eu apanhei até de uma lagartixa, ce acha que alguém ia acreditar que eu encarei uma capivara. O lance do 666 no talo está aprovadaço

palaciospati disse...

rararara... so podia ser o Jorge... Mto bom o blog MH, ja ta nos favoritos pra qdo eu quiser me divertir lendo baboseiras (no bom sentido) alheias... rsrsrs. Bj, Pati

palaciospati disse...
Este comentário foi removido pelo autor.