domingo, 27 de janeiro de 2008

SOBRE MÃES E GUARDA-CHUVAS

Acabei de perder meu guarda-chuva.
Aliás, eu já perdi mais de 400 na vida.
Sério, quando eu era criança toda semana levava uma surra da minhã mãe (a Dona Zefa) porque tinha perdido um guarda-chuva. E o tipo de surra dependia do tipo de guarda-chuva que eu perdia.
Guada-chuva simples: surra de chinelo.
Guada-chuva automático: surra de cinta.
Guarda-chuva importado: surra de vara de marmelo, com direito a salmora pra curtir as feridas.

- E engole o choro menino, se não te enfio o guarda-chuva na boca!!
- Buaaaaaaaaaa!!!! Mas vai enfia como, se eu perdi o guarda-chuva?

Aí é que a Zefona se enfezava e o cipó cantava bonito no lombo do pequeno MH. E depois que o couro comia eu ficava pior que o Mel Gibson no filme a Paixão de Cristo. Aff! A véia tinha mão pesada.
Aliás, se minha mãe tivesse nascido na época da inquisição, ela ia ganhar a maior grana como torturadora.
Na mão dela tudo virava uma arma: mangueirinha do chuveiro, tampa de panela de pressão, cabo do espanador de pó, cabo do aspirador de pó, pó de maquiagem e só não usou saco plástico porque na época o BOPE não tava na moda. Ô véia doida.

Mas quer saber? Guarda-chuva foi feito pra perder mesmo.
Se não fosse, vinha com uma cordinha pra amarrar tipo prancha de surf.
Isso sem falar que só funciona quando não precisa.
Experimenta abrir um deles no meio do temporal. Ele vai virar do avesso, vai abrir só uma metade, vai descosturar inteiro e se bobear uma das varetas ainda fura o teu olho.
Ou então, experimenta fechar o desgraçado para entrar num ônibus. É mais fácil dobrar uma jibóia e guardar dentro da bolsa.

Quer dizer, no fundo no fundo, perder essas merdas até que não é mau negócio. Mesmo assim, eu tava aqui pensando com meus botões: onde será que foram parar todos os guarda-chuvas perdidos do país?

Será que existe um cemitério de guarda-chuvas para onde eles vão quando estão velhinhos, para morrer em paz, tipo os elefantes?
Será que as chuvas de verão em marte estão muito pesadas e os alienigenas estão abduzindo nossos guarda-chuvas?
Ou será que eles simplesmente desaparecem e vão parar numa dimensão paralela onde estão todas as tampas de caneta BIC?
Bom, não sei qual a resposta. Só o que sei é que esse fim de samana vou visitar a Zefona. E quando a véia souber que eu perdi mais um guarda-chuva, o cipó vai cantar bonito no lombo do MH.



Se não conseguir comentar direto no blog, comente AQUI.
Seu comentário aparece no blog depois.

58 comentários:

Ana disse...

As vezes prefiro andar na chuva, é sério. Odeio guarda-chuva, acho um trambolho e só serve mesmo para garoinha, tenta andar com ele numa chuvona pra vc ver, só fica seco o cocoruto da cabeça.
:)

Rharry Belloti disse...

Caramba, odeio muito guarda-chuva!! É muito chato, lembro de sair da escola de guarda-chuva mas eu e minhas amigas sempre fechávamos no meio do caminho para poder andar de mãos dadas...rsrsrrs
Beijo.

Gastón disse...

Eles viram morcegos e vão morar numa caverna. Juro.

*Mariana disse...

hehehe, temos algo em comum. Dona Madiana tbm faz uma arma com tudo. Aliás, a frase "engole o choro..." é clássica. :P
Meus guarda chuvas sempre viram do avesso e me molham toda.
ODEIO guarda-chuva. Agora tomo banho de chuva.
Beijões.

paula barros disse...

Pensei que era só minha mãe que tinha esse negócio de engole o choro. Agora choro por tudo, nunca vi tanto choro, vai ver engoli muito choro.
Não engoli os guarda-chuvas perdidos, se não estaria chorando guarda-chuva.
É cada idéia que vc tem para escrever. Parabéns!

paula barros disse...

MH
Se possível passa lá no blog para responder uma pergunta.
beijos

Elcio disse...

Acho que o Mel Gibson em Paixão de Cristo e Van Gogh da Alemanha estão no mesmo nível! kkkk Ótimas as duas passagens! Abraço!

rh disse...

É cara, guarda-chuva é ruim, mas não os menospreze. Em certos lugares existe até estacionamento para eles.
O que mais fico p da vida com guarda-chuva é que sempre que chove tem alguém pra ir de carona contigo. Aí não adianta, né?
Você chega molhado do mesmo jeito. Por outro lado a carona pode ser uma mulher. Melhor que manga, não? rsrsrs

Fernanda Perrú disse...

cara...tava pensando, nunca perdi um guarda chuva na minha vida...
acho que minha mãe me sequelou tanto que eu esquecia de sair com a sombrinha do que esquecê-la em outro lugar...

mas em contramão, já encontrei muitas sombrinhas e guarda-chuvas... se houver realmente um cemitério de guarda-chuvas eu tirei o direito de alguns... rsrsrs

Isaque Viana disse...

hahauahah

Muito bom, MH!

Olha, guarda-chuva pra mim é descartável. Só uso uma vez, sabe?
Não que eu tenha dinheiro. Sou liso.
Agora... vai lembrar do danado... Não rola.

Kabello disse...

Bom, SE eu tivesse um blog e, como você, fosse fazer uma lista das coisas que odeio, CERTAMENTE o guarda-chuva estaria lá. Só serve realmente prá apanhar da mãe e mais nada.

YONE disse...

Sensacional!
Adorei essa história me fez relembrar a minha infância com os mesmos acontecimentos, a diferença é que a minha não era Zefa, era
Olivia Palito (assim q eu a chamava e por isso ela ficava mais brava)........ahauahauahau

Ciça disse...

HAHAHAHAHA...Meu, eu ODEIO guarda-chuva! Juro!
Puta trambolho que não serve pra absolutamente nada!
Uma vez vi uma foto na net de um que deve ser legal, ele vem com uma proteção de plástico que vai até os pés...fica parecendo que vc tá num box com aquelas cortinas de plástico, sabe? Aquilo sim deve ser bom, pq deixa tudo sequinho...
Beijooo
PS.: Gostou do tamanho e conteúdo do comentário??? Ou vai continuar criticando?

Jessy* disse...

Eu também sou expert em perder guarda-chuva.. fora as tampas de caneta, borrachas...
sakpospaoksapok

tem presentinho pra ti no meu blog xD

beeijos

mc disse...

MH, vc anda lendo gibi da turma da Mônica? Porque me lembro claramente de esse ser um tema frequente nas historinhas do Cascão...

Ana Paula disse...

Er... Eu é que perco os guarda-chuvas do meu filho, hahahah!

Fabi disse...

Rapaz, eu tenho uma pessima lembrança de guarda-chuva.

Quando era pequena ganhei um da Emilia do Sitio do Picacpau amarelo. o cabo era a emilia e ele era laranja e estampada com a emilia e tinha babadinhos. Enfim, qualquer criança de 5 anos ia adorar.
So que cresci e o desgraçdo nao estragava. Agora, me imagine com 9 anos e com o guarda-chuva da Emilia. Sim, era um horror, eu morria de vergonha e minha avó forçava o uso já q o dito era tao bonitinho.

E o pior é q eu nao conseguia perder o cara. E perdia de propostio e alguem me devolvia. Foi uma coisa ate me livrar dele.

Re disse...

MH,
acabei de perder o meu de Joaninha.... minha vida esta mais triste sem ele.... não conta pra minha mãe, tá?
rsrsrs
bjs
Re

luma disse...

Chega a ser intrigante o sumiço dos guarda-chuvas. Eles nunca estão onde deveriam estar, principalmente em dias de chuva e você na rua. E por encanto, os chineses aparecem. Estranho. Beijus

*Mariana disse...

rs...
Por isso ela me deprime. Na falta do par desejado para fazer sexo, eu fico choramingando virtualmente. E ouvindo Maná...rs
Enfim, to ferrada.:P

MH disse...

ELCIO: Obrigado por me mandar o Feliz Navidad. Vou ficar a semana inteira cantando.

RH: Pior que a caraona e quando voce esta sem guarda chuva, ta andando pelo cantinho da parede pra nao se molhar, e vem uma anta de guarda chuva andando no cantinho da parede tambem. Odio

GASTON: Tava na cara, é obvio que os diabinhos viram morcegos e vão para alguma caverna. Você e publicitario ou biologo?

KABELLO: Você sabe das coisas filho. Guarda chuva é tão medieval que acho mais honesto a gente sair vestido de armadura num dia de chuva do que usar essas merdas que nunca funcionam.

CIÇA: Conteudo bom, tamanho bom. Cometario excelente. Continue assim..afinal esse blog é seu..portanto, cuide dele.

YONE: Olivia palito é sacanagem. Voce devia ter apanhado mais. Alias, vou mandar a Dona Zefa bater em voce, ai voce vai ver o que é bom

MH disse...

FABI: Meu lembrou uma historia. Minha infancia inteira eu sempre quis ganhar a roupinha do chips (para os mais novos, era um policial chicano que andava numa moto). Passei anos querendo ganhar e nada. Um dia ela deu...mas eu ja tinha 15 anos. Aff

ANA PAULA: Vou mandar a zefona te dar uma surra

RE: Vou mandar a Zefona te dar uma surra. rsrs

LUMA: Você matou a charada. Os chineses estão sumindo com os guarda-chuvas. Queimem-nos (os chineses, nao os guarda-chuvas)

Ana Marcon disse...

MH,
guarda-chuva é coisa de pobre! Se vc tivesse economizado o $ desse monte de guarda chuva que já perdeu, hj taria andando de mercedes, e entrar numa mercedes, mesmo que um pouco molhadinho, é mto chic!
Além disso, pode reparar, só chove de verdade nos dias que vc esquece a P... do guarda-chuva em casa!Então filho, desencana desse trambolho!

Flavinha disse...

Eu e a minha mente pervertida. Juro que pensei que ela ia enfiar o guarda chuva em outro lugar, láááá embaixo...

Eu vivo perdendo as coisas. Já perdi de tudo que vc possa imaginar. Por isso ando com uma bolsa do tamanho do mundo. Por isso não uso guarda chuva. Por isso ninguém me pede pra guardar nada...

Ótimo fim de semana, querido. Beijão pra vc e pra dona Zefa.

PS: um dia te conto melhor o causo da maçã. Tenho certeza de que vc irá se solidarizar comigo...

Beijos mais!

Natyx Lisboa disse...

meus guarda chuvas nunca somem...
mas minhas canetas bics e borracha sempre somem..tenho ate aquela comunidade do misterio das canetas bic..pq sempre aparece uma do nda...e sempre some alguma..ela,as borrachas e as baatas vao dominar o mundo...
mas eu nem sou mto fan de guarda chuva...é bunitin..mas é chato gosto de sentir a chuva...
odiava quando minha mae me botava nakelas capas horrorosas e galochas..rs

enfim vlw pelo coment...
e eu tava sumida pq tava fds na casa do meu namorado..ae n consigo postar fora de casa...a inspirãçao so brota nu meu cantinho !

Natyx Lisboa disse...

ps: meu pai quandop eu fazia merda me batia era de raider..akela com as bolinhas embaixo
noooossa akilo duiaa pra.c****

Carla Moraes disse...

Além de odiar andar com guarda-chuva eu os perco ao monte. xD
Tampa de canete Bic também... mas ultimamente tenho perdido a caneta inteira.

xD

Adoro esse blog aqui...

Beijoo!

ps: Post novo já xD

Celeste Garcia disse...

Pô, comparar meu post com a matéria da revista Carta Capital é sacanagem, meu! ALKSDJLASKDJALKSJK
Na minha humilde opinião, acho que esses guarda-chuvas vão lá pra uma dimensão paralela e vivem felizes para sempre em companhia das canetas BIC, sob o consentimento, claro, da Senhora Teoria das Cordas :o)

pedrinha disse...

Primeiro eu fiquei com pena do pequeno MH perdedor de guarda-chuva levando uma boa sova da mãe torturadora, depois eu tive que rir... vc tem umas idéias mirabolantes homem!

Fala a verdade, essa sua inspiração sai de onde?

Bem, como eu tb perco uns de vez em qdo.. só compro os meus no camelô..hahahaha! Cinco pratas e tá tudo certo. Quebrou, o vento entorou ele, o bicho não abre ou não fecha mais...? Jogue na lixeira e compre outro :P

Continuo rindo de vc...ehehehe! Bjo

Jéssica Torres disse...

Eu, ao contrário do que parece, levando em conta que hoje em dia eu sou uma garota exemplar e muitissimo comportada, era uma criança traquina!
Sabe aquelas que aprontavam mesmo?! Que colocava o cabo da vassoura no pneu da bicicleta da minha irmã pra ter o prazer de vê-la caindo?!
Eu levava uma surra todo santo dia, era sagrado! E o legal que eu apanhava de ganho de goiabeira, minha mãe ia lá, arrancava o ganho, tirava as folhas e tacava nos meu couro! Fica uma zebrinha diferente, branco com vermelho!
Até que um dia, quando a goiabeira lá de casa estava praticamente sem galhos eu tive a brilhante ideia de subir no portão de casa pra ela não me alcançar! Fiz isso umas 3 vezes, achando que eu era a garota mais esperta do mundo, enquanto ficava sentada na laje que ficava acima do portão, com minha mãe gritando como lá de baixo até ela cansar! Mas em um belo dia minha mãe conseguiu me superar, e quando eu tava lá em cima, mto feliz, eu só vi a chinela dela vindo na minha direção! Um lance certeiro! Bateu de cheio na minha cara! Chorei tanto, tadinha! Apartir desse dia eu prefiri apanhar de galho de goiabeira mesmo!
Não falei dos guardas-chuvas porque aqui em Teresina eles são artigos fora de uso já que aqui não chove!

E quer me ver com raiva?! Demora de novo pra atualizar isso aqui! Rum! Esteja avisado!!


xero no olho!

Lexotan disse...

O pior é quando sua mãe o perde e diz que foi você. Vai argumentar?

Ícaro Vinícius disse...

Morro de rir aqui!!! kkkk

Antes de ler o final do post já is sugerir que eles vão parar no mesmo local em que as canetas BIC se refugiam, impressionante!!!!!!!!


Abraços!

Jessy* disse...

aaiiiii que lindoooo *-* eu sou fofaa lalalala
koapsoakpoaskpokpas
brigadaa

beeeijos

AC disse...

Você é muito engraçado. Rsss.
Também já apanhei muito da minha mãe, tudo bem, ela tinha lá suas razões...tenho uma irmã gêmea, imagine duas pentelhinhas da mesma idade, que só faziam m...
Lembro de quando abri duas portinhas do armário da cozinha e me pendurei nelas...resultado, armário, dezenas de coisas quebradas, e eu no chão...surra??? Que isso...nesse dia eu apanhei pouco!!! :-O
Falando em guarda-chuva...Eu sou mestre em perdê-los, acho que já tive uns trocentos...isso porque sempre compro 2 logo de uma vez...tenho que satisfazer essa necessidade de furto do guarda-chuva alheio quando meus irmãos e minha mãe me visitam...família...família...
Beijo!

JANINE disse...

há! eu lembro de uma teoria que envolvia filhotes de pombos, enterro de anões (coisas que eu nunca vi), guarda-chuvas e clips. era algo como que os filhotes de pombos catavam todos os guarda-chuvas perdidos e levavam pra terra em que os anões vivem antes de morrer. lá eles transformavam os cabos de guarda-chuva em clips e os pombos, já adultos, voltavam e espalhavam eles por aí (por isso que a gente sempre encontra clips em todos os lugares)

q

Pati disse...

MH, sério, seu blog é o único na vida que eu consigo ler e acompanhar... Tive que tomar sérias precaucoes para me aguentar e nao abrí-los mais na sala de aula, senão ja viu... continua mandando... bjs!

MH disse...

ANA: Olha aqui, fófis, o que você não sabe é que eu so uso guarda chuva Prada ou Luis Vuitton. Dá licensa. Até pra perder as coisas eu sou chic. Não sou que nem você que entra no busão com o guarda-chuva aberto e ainda molha todo mundo. O pobreza, viu.

FLAVINHA: Minha querida, sua mente não é pervertida..na verdade a Zefona enfiava la mesmo..eu so não quis falar pra nao chocar os menores de idade. Rsrsrs

NATYX: Aff, surra de raider não dá né? Aliás, lembra do slogan do Rider: “de férias para o seu pé”. E enquanto dava férias para o pé, seu pai lascava o rider em você. Sacanagem.

CARLINHA: Então somos dois…eu perco de tudo…ah, o que eu mais tenho perdido é meia. Só acho a esquerda ou a direita…as duas juntas…nunca. Bj

CELESTE: faz sentido esse lance da SENHORA TEORIA DAS CORDAS. Vou mandar pra carta capita e ver se eles publicam. Rsrs bj

PEDRINHA: Que feio rir do pobre MH..rsrsrsrs. Agora, aproveitando, depois me descola o endereço de alguns camelos que vendem guarda-chuva baratinho. Não quero apanhar depois de velho. rsrs

MH disse...

JESSICA: Aiiii, como ela é comportadinha, Oras, me poupe little Jessy. Você com essa cara de sapeca não me engana. E colocar cabo de vassoura na roda da bicicleta não é pra apanhar de cinta, ai ja é caso de cadeira eletrica. Hahahahahahahah. Você é a mais figura de todas. Amei o comentario (ta melhor que minha historia)

LEXOTANA: Com a zefa não tem argumento. Se ela fala que eu perdi…eu perdi. E la vem surra.

ICARO: É isso ai, Icaro. Com certeza deve ter alguma relaçnao o desaparecimento dos guarda-chuvas e das tampas de caneta bic. Vamos investigar…ai tem coisa…

JESSY: valeu..fofinha…bj

AC: Vendo as coisas que voce aprontava e multiplicando por dois…me deu do da sua mãe. Jura que tem duas???????

JANINE: Não espalhe essas teorias. Eu ja vi o governo americano matar gente por muito menos do que isso. Essas coisas são secredo de estado. Cuidado com o que diz..a essa altura seu telefone ja está grampeado.

PATI: Aeeeeeeeeeeee. Que legal. Ei, nada de abrir blog na sala de aula, vai ajoelhar no milho. Ou pior, vou mandar a Zefona te dar uma surra. Saudade enorme de voce. bjsssss

o'Ricci disse...

guarda chuvas e canetas bic sempre vão parar nos lugares mais obscuros e inusitados.

Samira [Sasá] disse...

Kkkkkkkkkkk
Morri de rir com sua história... Isso é verdade mesmo??? Fiquei com pena de você... hehehe
Seu post ficou ótimo! Abraçoss!

Ana Carolina disse...

Sim, MH, somos duas!!!
Já aconteceu de tudo um pouco em nossas vidas, e ficar uma com raiva da outra era pouco. Imagina, minha irmã cuspiu no meu café com leite!!! Mas minha mãe viu, e lascou-lhe um tabefe...hahaha, eu não cheguei a beber. Na-na-na-na.
Uma vez ela estava me carregando na bicicleta, e eu a pedi para pedalar de pé, assim teria mais impulso e velocidade. Quando ela levantou, eu aproveitei que o banco estava frouxo, e o virei para trás, mas não sei porque, houve influência de muitas variáveis, talvez as forças (dela de pedalar, e minha de virar o banco), mas caímos na mesma hora, a bicicleta virou de lado num piscar de olhos! Resultado, ela, coitada, se ralou toda, e eu? Ahhh, só me assustei.
Depois te conto do dia em que eu estava sendo carregada e caímos num bueiro, desses retangulares, mas dessa vez eu estava na frente...teve motorista de ônibus que parou o veículo para nos tirar de lá... :-O

Beijo!

Mel Zhy disse...

Também já perdi vários. Nos últimos tempos adotei de sempre pedir um emprestado à chefa e ela logo percebe meu real interesse e diz que é meu!!! Tudo isso porque aderi ao visual "cabelo liso", então é mais fácil eu ter um guarda-chuva na bolsa do que dinheiro!!!!! Bjs

Anônimo disse...

Eu nunca lembroo de pegar guarda chuva qdo está chovendo!
Prefiro andar sem guarda-chuva!
Alêm de não adiantar muito usar,só atrapalha a gente,que tenta segurar o guarda-chuva quando está um ventão!!

Bia disse...

Primeiro: hahahahahahahahahaha
Segundo: teu blog é o melhor de todos cara! Tua imaginação é 10 demais..senso de humor brilhante!
Terceiro: concordo com a alternativa em que vc fala que "eles simplesmente desaparecem e vão parar numa dimensão paralela onde estão todas as tampas de caneta BIC" pq é pra lá que todas as xuxinhas de cabelo vão tbm!!!
Se bem que a alternativa dos alienigenas me pareceu bem rasoável!!

Parabens mais uma vez...

Ps: to sem pc ai tá difícil atualizar o blog, odeio usar o teclado de pessoas desconhecidas.. isso bloqueia minha mente...!! Logo logo atualizo!!

bjusss

Bia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Camila Magalhães disse...

hahahahaha
É verdade... Adorei o post, o blog, o comentário q vc deixou no meu blog!!! Linkei vc!
Té mais, voltarei...

Gisele Sanches disse...

guarda-chuva realmente é um tormento.
deve existir um submundo deles, onde eles ficam com as tampas de caneta bic e xuxinha de cabelo.

tay (: disse...

Poxa, me sinto melhor mesmo!
Afinal, você deveria ter uma faixa preta azulada pra se defender da sua mãe espancadora.
Mas a minha também é assim, ela faz com que objetos fofos se tornem mortais e assustadores, hahaha.
Mas fala sério, o bagulho inutil, guarda chuva! eu acho a coisa mais inutil do universo, nunca uso!
sempre tomo chuva, alias adoro!
não sei por que as pessoas reclamaam tanto de uma chuvinha, afinal, elas não curtem cachoeira?

beijos
ps: boa sorte com a sua mãe! rs
pps: AAAAHHH MULEKE
ppps: ja assistiu a Havaianas de pau? sua cara!

tay (: disse...

como se engole um choro?
espra a lagrima cair até a boca e simplismente .. ENGOLE? kkkk

Fire disse...

Huahuahauha XD

*Medo da sua mãe*

Eu tbm num gosto de guarda-chuva... só que vc disse que devia vir com uma cordinha... mas ele vem! ><

Oh a desculpa! rsrs

Abraço

Ah! Vou te linkar

Carol (irmã da Ciça) disse...

Estou dividida entre a teoria da dimensão paralela e dos gnomos zombeteiros que roubam canetas BIC, isqueiros, meias (direto eu perco meia, só um pé, o outro fica), guarda chuvas, etc.

mc disse...

pergunta pra vc no meu blog!

L.Sakssida disse...

Cara não é só quarda-chuvaque é feito para se perder.
Posso fazer minha listinha pessoal.
Chave de casa e carro, palhetas da guitarra.

[]s L.Sakssida

Fada disse...

hahahahahah

Cara eu acho que guarda chuva perdido é herança para algum desconhecido!!!!

Po vc nunca levou para casa um guarda chuva perdido dentro do onibus??!!!!

Caraca tadinha da sua mae..ou de vc né...rsrsrs

ameiiiiiiiiiiiiiiii esse post

garantia de boas gargalhadas

disse...

hahahahahaha

Olha, eu sei BEM como é isso viu...
Aui em SP a experiência com guarda chuva é inevitavel...
Os cars lá no cenro da cidade fizeram agora o guarda chuva descartável...
Mas descartável MESMO...ao pé da letra.

Uma armação mais leve que um grafite e um plástico em cima...muito comédia...

Tbm SEMPRE perco os meus...
kkkkkkkkk

Beijo!

Fernando disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernando disse...

MH, meu querido, muito boa essa! Muito boa! Já dei muitas risadas por aqui, porque meu véi Onofre deve conhecer a dona Zefa já que na mão dele qualquer galho de árvore virava arma. Hehehehe.

E concordo plenamente com o fato do sumiço dos guarda-chuvas. Muitíssimo engraçada a observação da prancha de surf, acerca de como não perder o maldito estrupício.

De qualquer forma, eu acho que as carteiras, chaves de carro e pendrives, deveriam ter aquele sinalizador igual ao de telefone sem fio. Você aperta e ele bipa. E senão escutou o bipar, é porque um deles ou as tampas de Bic, além dos guarda-chuvas, foram levados para o além. Mas não para um cemitério. Tenho uma hipótese mais concreta: os gnomos. Eles são excelentes ladrões. :D

Abraços e te linquei também, meu prezado!

objetoguardachuva disse...

É para esse lugar que os guarda-chuvas velhos vão descansar. http://objetoguardachuva.wordpress.com/